INEA-RJ lançará o Portal GEOINEA para disponibilizar dados espaciais

 

O Instituto Estadual do Ambiente do Rio de Janeiro (INEA –RJ) realizará uma cerimônia no dia 4 de abril de 2018, às 14h, para celebrar o lançamento da Base de Dados Espaciais, o Portal GEOINEA, na sede do INEA (Avenida Venezuela, n° 110 6° andar, Saúde, Rio de Janeiro).

O Portal GEOINEA é um canal eletrônico que tem como objetivo promover e facilitar o compartilhamento dos dados geoespaciais produzidos pelo INEA, atendendo um público que abrange a sociedade, o poder público (todas as esferas), as instituições de pesquisa e a iniciativa privada, dentre outros usuários que utilizem dados georreferenciados.

A iniciativa tornou-se realidade desde que o Inea fez a adesão junto à Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais – Inde. Hoje, o órgão utiliza a infraestrutura do servidor de dados disponibilizado pelo Governo Federal para armazenar e estruturar os dados de forma padronizada, atendendo às especificações da legislação federal vigente sobre a temática. Dessa forma, o Inea busca compartilhar suas informações geoespaciais junto à Comunidade Geo.

A interface de compartilhamento dos dados é uma aplicação que busca, de forma intuitiva e rápida, levar o usuário aos dados que necessita. Nessa aplicação estão presentes os dados produzidos pelo INEA-RJ, bem como de outros órgãos que possuem geoserviços de dados complementares aos do órgão estadual ambiental, como, por exemplo, IBGE, ANA e ICMBio.

O usuário poderá visualizar, fazer busca no catálogo de metadados, elaborar mapas rápidos, fazer download dos dados georreferenciados em formatos como shapefile, kml, Geotiff, entre outros. O Portal GEOINEA será progressivamente ampliado e periodicamente atualizado, e o usuário poderá se cadastrar para receber notícias sobre o compartilhamento de novas informações.

O setor responsável pela manutenção desse canal de compartilhamento é a Coordenadoria de Gestão do Território e Informações Geoespaciais – COGET que também ficará à disposição para dúvidas e sugestões.

Com informações do INEA-RJ